O projeto “Apps for Good” foi selecionado pela UNESCO como um dos três vencedores da 6ª edição  do “UNESCO-Hamdan bin Rashid Al-Maktoum Prize for Outstanding Practice and Performance in Enhancing  the Effectiveness of Teachers”.

A candidatura foi apresentada pelo Centro de Inclusão Digital em Portugal e o projeto desafia grupos de alunos apoiados por professores a assumir o papel de “Problem Solvers” e “Digital Makers” ao longo de todo o processo de criação de uma App que contribua para a resolução de um problema da comunidade escolar.

O CDI (Center of Digital Inclusion) é uma organização não-governamental de inclusão e inovação social e digital, com presença internacional. Integram a rede global REDECODE (inicialmente designada CDI) e que celebrou recentemente 23 anos. O CDI chegou a Portugal em maio de 2013 graças aos parceiros Microsoft, Fundação PT, McKinsey&Company, SRS Advogados, Fundação EDP, PWC e APDC com o objetivo de continuar a transformar vidas através da tecnologia.

Este Prémio bienal foi criado em 2008 para apoiar a melhoria da qualidade do ensino e da aprendizagem na consecução dos Objetivos de Educação Para Todos – uma das prioridades  da UNESCO e é apoiado por Sua Alteza Sheikh Hamdan Bin Rashid Al-Maktoum dos Emirados Árabes Unidos.

O Prémio homenageia assim projetos que melhoram o desempenho e a eficácia dos professores, e tem como objetivo facilitar a partilha global e a disseminação de práticas de destaque relacionadas com os professores.

O júri internacional destacou a abordagem inovadora do projeto, para fornecer formação e apoio a um ensino inovador para os educadores, e promover o progresso de aprendizagem dos alunos, de forma eficaz.

O Prémio consiste num certificado e num valor pecuniário de USD $ 100,000.

A cerimónia da entrega dos prémios, teve lugar no dia 5 de outubro, Dia Mundial do Professor.

Mais informações aqui.

  • Partilhe