“Nascendo as guerras no espírito dos homens, é no espírito dos homens que devem ser erguidos os baluartes da paz.”

 

Na Carta das Nações Unidas que entrou em vigor a 16 de novembro de 1945, o artigo 57º prevê a criação de uma agência especializada nos domínios da educação e cultura a ser denominada Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura. De 1 a 16 de novembro de 1945, uma Conferência para a criação desta Organização reuniu-se em Londres onde o Ato Constitutivo da UNESCO foi assinado por 41 Estados. O Ato Constitutivo entrará em vigor a 4 de novembro de 1946, após ratificação por 20 Estados signatários.

O dia 4 de novembro de 1946 marca o início das celebrações do aniversário da UNESCO, uma vez que é o dia em que o Ato Constitutivo entrou em vigor. A UNESCO foi criada para responder à firme convicção das nações, forjada por duas guerras mundiais em menos de uma geração, de que os acordos políticos e económicos não são suficientes para construir uma paz duradoura. A paz deve ser estabelecida com base na solidariedade moral e intelectual da humanidade.A principal missão da UNESCO, tal como inicialmente definida na sua Constituição, era estabelecer as condições de coexistência pacífica entre as nações. Esta missão era equivalente a uma experiência de engenharia social à escala global, que consistia em elaborar e difundir uma nova visão do mundo baseada numa visão revista da Humanidade.

Consentimento Necessário

Este conteúdo incorporado de plataforma de terceiros foi desativado por não ter o seu consentimento.

Pode rever o seu consentimento para a categoria "Conteúdo de Terceiros" ou, em alternativa, carregar no endereço https://www.youtube-nocookie.com/embed/PYLA2EA2cpk para visualizar o vídeo diretamente na respetiva plataforma.

  • Partilhe