campanha next normal unesco

A UNESCO foi criada no rescaldo da Segunda Guerra Mundial com base na convicção de que este conflito sem precedentes poderia conduzir a um mundo melhor e mais unido. Nascendo as guerras no espírito dos homens e das mulheres, é no espírito dos homens e das mulheres que deve ser construído um mundo melhor, afirmam os seus fundadores. A sua ideia é mais relevante do que nunca à medida que os países começam a emergir da pandemia de Covid-19 que veio pôr em causa as nossas prioridades, os nossos modos de vida e a forma como as nossas sociedades funcionam.

Em todo o mundo, as pessoas mostraram-se solidárias durante a emergência sanitária e viram como uma cooperação reforçada poderia ajudar a construir um futuro melhor. Mas à medida que o mundo vê o fim do túnel, tendemos a esquecer as lições que aprendemos e "voltar ao normal", sem considerar o custo do que consideramos normal para o nosso ambiente, as nossas economias, a nossa saúde pública e as nossas sociedades.

A UNESCO está a lançar uma campanha global que desafia a nossa perceção da normalidade. O filme de "2'20" não se baseia em argumentos complicados para se afirmar. Apresenta simplesmente informação factual sobre o mundo antes e durante a pandemia. Juntos, estes factos convidam os espectadores a questionar as suas ideias sobre o que é normal, sugerindo que aceitámos o inaceitável durante demasiado tempo. A nossa realidade anterior já não pode ser aceite como normal. Chegou a hora de mudar.

Enquanto agência intelectual da ONU, a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) acredita que a necessidade de uma mudança sustentável deve enraizar-se nos corações e mentes das pessoas em todo o lado antes de se tornar uma realidade.

A campanha faz parte do esforço mais amplo da UNESCO para conceber o mundo do futuro através de iniciativas como o Fórum UNESCO, um laboratório de ideias que reúne intelectuais proeminentes, o movimento ResiliArt, um fórum virtual de debate sobre o futuro da cultura e das indústrias culturais, a Future Literacy Network, o programa Futures in Education, e as Recomendações Globais para a Ciência Aberta e a Ética da Inteligência Artificial. Estas são questões fundamentais que a UNESCO abordou muito antes da pandemia as ter trazido para a linha da frente.

A UNESCO convida os meios de comunicação e líderes de opinião a partilhar a campanha "The Next Normal" concebida pela agência de publicidade e comunicação DDB em Paris, disponível a partir de 25 de junho de 2020.

Para saber mais e envolver-se, apresente as suas ideias para um "Próximo Normal", visite as redes sociais da UNESCO em :  https://en.unesco.org/campaign/nextnormal  

29-06-2020
  • Partilhe