Um Geoparque Mundial da UNESCO é uma área única e unificada onde locais e paisagens de importância geológica internacional são geridos numa conceção holística de proteção, educação e desenvolvimento sustentável. Um Geoparque Mundial da UNESCO utiliza o seu património geológico, em conjunto com todos os outros aspetos do património natural e cultural da área, para aumentar a consciência e a compreensão de questões-chave com que a sociedade se depara, como a utilização sustentável dos recursos do Planeta, mitigando os efeitos das mudanças climáticas e reduzindo o impacto das catástrofes naturais.

Através de uma maior consciencialização da importância do património geológico da região na história e na sociedade, um Geoparque Mundial da UNESCO concede aos seus habitantes um sentimento de orgulho na sua região e fortalece a sua identificação com o território. A criação de iniciativas inovadoras locais, de novos postos de trabalho e de cursos de formação de alta qualidade é estimulada, enquanto novas fontes de receita são geradas através do geoturismo e os recursos geológicos são protegidos.

Em Portugal existem cinco Geoparques Mundiais da UNESCO, a saber Naturtejo, Arouca, Açores, Terras de Cavaleiros e Estrela. O primeiro Geoparque português a integrar a Rede de Geoparques Mundiais da UNESCO, foi a Naturtejo em 2006, seguindo-se Arouca em 2009, Açores em 2013, Terras de Cavaleiros em 2014 e Estrela em 2020.

 

Rede Portuguesa dos Geoparques Mundiais da UNESCO

Sob a égide da Comissão Nacional da UNESCO, a 30 de junho de 2022, foi criada a Rede Portuguesa dos Geoparques Mundiais da UNESCO dotada de um Comité de Coordenação. O Comité de Coordenação dos Geoparques Mundiais da UNESCO portugueses integra, como membros efetivos, representantes da Comissão Nacional da UNESCO e representantes de cada um dos Geoparques Mundiais da UNESCO portugueses.

Enquadrada pelos Estatutos do Programa Internacional para as Geociências e Geoparques, aprovado pela Conferência Geral da UNESCO em 2015, através da Resolução 38C/14, nomeadamente, o disposto no ponto 4.4 das Linhas de Orientação Operacionais para os Geoparques Mundiais, a Rede Portuguesa dos Geoparques Mundiais da UNESCO  e o seu Comité de Coordenação visa aprofundar o conhecimento, a troca de experiências e de boas práticas entre os seus membros, promover uma maior coordenação e acompanhamento de atividades bem como, o lançamento de iniciativas conjuntas e o aconselhamento de aspirantes a Geoparques Mundiais da UNESCO portugueses.

 

Websites dos Geoparques Mundiais da UNESCO Portugueses:

 geoparque_naturtejo.jpg
 geoparque_arouca.png
 geoparque_acores.png
geopark logo compressed
logo_estrela_unesco_.png

Ligações úteis:

Geoparques Mundiais da UNESCO - site da UNESCO

- Geoparques Mundais Portugueses: 

Facebook: https://www.facebook.com/GeoparquesPT

Instagram: https://www.instagram.com/geoparquespt/ 
Twitter: https://twitter.com/GeoparquesPT  
LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/geoparquespt/

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCvbnqQ8QVik5rmS_BXwaNUw 

 

Recursos: 

pdf icon site Desdobrável GeoFood - Alimentação local sustentável de um território com geologia única

- pdf icon site Desdobrável Geoparques UNESCO em Portugal

  • Partilhe