30 março 2020

A UNESCO lançou uma Coligação Mundial para a Educação contra a Covid-19 para ajudar os países a desenvolverem as melhores práticas em matéria de ensino à distância e a alcançarem as crianças e jovens mais vulneráveis.

Mais de 1,5 mil milhões de crianças e jovens foram atingidos pelo encerramento de escolas à escala nacional em 165 países, o que representa 87% da população estudantil mundial e uma situação sem precedentes na história da educação.

Os países estão a lutar contra uma imensa diversidade de contextos e níveis de experiência muito diferentes para continuar a aprender.

O ponto de partida não é o mesmo para todos, e o maior perigo é que as crianças dos meios mais desfavorecidos não possam prosseguir a sua educação e percam todos os benefícios que a escolaridade traz para além da aprendizagem, da saúde à segurança, passando pela nutrição. Não podemos deixar que isso aconteça.

A nova Coligação reúne organizações internacionais, regionais e da sociedade civil assim como o setor privado numa ação conjunta. Vai aproveitar a experiência de parceiros públicos e privados para ajudar os países a implementar soluções inovadoras e adaptadas ao contexto para o ensino à distância, combinando abordagens de alta tecnologia, baixa tecnologia e neutras do ponto de vista tecnológico.

Mais de 25 parceiros multilaterais, empresas privadas, organizações filantrópicas e sem fins lucrativos, bem como os media, já aderiram à Coligação, que é uma parceria aberta.

O que une a Coligação é o compromisso de ajudar os países a garantirem a oferta de um ensino à distância inclusivo e equitativo.

Leia aqui o Comunicado de Imprensa

  • Partilhe