MANUFATURA DE CHOCALHOS

dieta mediterranica fado4 jose malhoa fado domnio pblico wikimedia commons fado exposio permanente vijos frade
© Câmara Municipal Viana do Alentejo
© Domínio Público / Wikimedia Commons
© Câmara Municipal Viana do Alentejo


2015 – Lista do Património Cultural Imaterial2015 – Lista do Património Cultural Imaterialque Necessita de uma Salvaguarda Urgente

O chocalho português é um instrumento de percussão idiofone com um badalo interno único, normalmente pendurado numa cinta de couro ao redor do pescoço de um animal. É utilizado tradicionalmente pelos pastores para localizar e controlar os seus rebanhos, criando uma sonoridade inconfundível nas zonas rurais. Os chocalhos são feitos manualmente em ferro, que é martelado a frio e dobrado na bigorna até ficar em forma de taça. Pequenos pedaços de cobre ou estanho são colocados à volta do ferro, que é depois envolto numa mistura de barro e palha. A peça é cozida e, em seguida, mergulhada em água gelada para uma rápida refrigeração. Por fim, a argila queimada é removida, o cobre ou estanho que recobre o ferro é polido e o tom do sino é afinado. O conhecimento técnico é transmitido no seio da família, de pais para filhos. Em Portugal, a localidade de Alcáçovas é o principal centro de fabrico de chocalhos e os seus habitantes orgulham-se deste património. No entanto, esta prática é cada vez menos sustentável devido às recentes mudanças socioeconómicas. Novos métodos de pastagem requerem cada vez menos pastores e a maioria dos chocalhos são agora produzidos usando técnicas industriais mais baratas. Atualmente, existem apenas 11 oficinas e 13 fabricantes de chocalhos, 9 dos quais têm mais de 70 anos de idade.

 

MANUFACTURE OF COWBELLS


2015 - List of Intangible Cultural Heritage in Need of Urgent Safeguarding

The Portuguese cowbell is an idiophone percussion instrument with a single internal clapper, usually hung on a leather strap around an animal’s neck. It is traditionally used by shepherds to locate and control their livestock, and creates an unmistakable soundscape in rural areas. The cowbells are handmade from iron, which is cold-hammered and folded on an anvil until it is cup-shaped. Small pieces of copper or tin are set around the iron and enveloped in a mixture of clay and straw. The piece is fired, then plunged into cold water for rapid cooling. Finally, the burnt clay is removed, the copper- or tin-covered iron is polished, and the tone of the bell is fine-tuned. The technical expertise involved is transmitted within the family from fathers to sons. Alcáçovas in Portugal is the main centre for manufacture of cowbells and its inhabitants take great pride in this heritage. However, this practice is increasingly becoming unsustainable due to recent socioeconomic changes. New grazing methods have largely obviated the need for shepherds and cowbells are increasingly made using cheaper industrial techniques. At present, there are only 11 surviving workshops and 13 cowbell makers, 9 of whom are over 70 years old.

 

Saiba mais em:

  • Partilhe